Como anda sua auto-estima?

Daí você sai daquela semana “ninguém me ama, ninguém me quer”, consegue retomar as forças, ergue a cabeça, diz pra você mesma “eu me amo” e milagrosamente fica de boa, surfando na onda, tranquila e favorável. Recupera suas forças põe a auto-estima em ordem e bola pra frente. Está tudo bem.

Até que você chega ao trabalho e abre sua internet, e o que você vê? A manchete principal, falando do fio dental da Paola Oliveira. Oi?

E logo pensa, mas gente, que mundo é esse? Por que uma bunda merece tanta atenção. Claro que você não tem tempo para assistir a minissérie em que a beldade coloca todo seu talento a mostra, claro que você clica no link do artigo para assistir e entender porque tanta comoção e claro que você vê a bunda, dura, lisa e linda sem nenhuma celulite, sem estrias, mas grande, bem grande.

Então você percebe que tem que mudar de foco, porque você estava seguindo as dicas da Gabriela Pugliesi, mas é a bunda da Paola que está em alta.

Em seguida você começa a se dar explicações, se desculpar por ter faltado à última aula de spinning, ou por ter pago o pacote de 3 meses na academia e só ter aparecido 3 dias, porque lógico que você trabalha muito, estuda, ou tem que cuidar das crianças, resolver assuntos da casa e etc. e tal. Mas a verdade é que apesar de todas as desculpas que você tem para tentar se consolar, a cobrança existe e está bem alí a um click.

Para tudo! Por que mulher é assim? Por que nos incomodamos com esse tipo de coisa?

Será que nossos maridos, namorados, parceiros, se dariam ao trabalho de se preocuparem com o abdome de tanquinho do galã da novela? CLARO QUE NÃO!

Ficariam pensando nas mil e uma desculpas e achando que o mundo é um lugar muito injusto? CLARO QUE NÃO!

Em uma época em que o empoderamento feminino está sendo tão discutido e está tão em voga, nós mulheres ainda nos mostramos tão frágeis emocionalmente e tão oprimidas. E com todas as tarefas diárias que já temos, ainda nos vemos incomodadas por não seguir os padrões de beleza que são impostos pelas mídias.

Um corpo é um corpo. O seu corpo é o seu corpo, conheça-o e ame-o como ele é. Que fazer exercícios, ter uma alimentação saudável, ficar mais musculosa, tudo bem, desde que seja dentro do seu padrão. Uma pessoa é única, não existe outra igual, até os gêmeos têm diferenças.

Nem o melhor look vai te fazer se sentir bonita, se isso não for verdadeiro, se não estiver de acordo com os seus sentimentos. Auto-estima é nosso melhor creme pra rugas, nosso melhor look, nosso melhor espelho 🙂

Fernanda Melo

Deixe uma resposta