Roupas: dicas pra acertar na compra

Preciso comprar roupas de marcas famosas para andar na moda?

Essa é uma pergunta que muita gente se faz, ainda mais em tempos de crise com as roupas custando os olhos da cara.

Existe sim uma infinidade de roupas de marcas famosas com ótima qualidade, caimento impecável, tecido bom e muito, mas muito caras. Fora da realidade da maior parte da população.

Porém não são só essas marcas que têm roupas bonitas e de qualidade. Podemos encontrar boas opções com preços que cabem no nosso bolso. Mais importante que a marca famosa é olharmos a qualidade do tecido e o acabamento da roupa.

Para identificar qual o tecido da roupa basta checar a etiqueta interna, lá você vai encontrar o percentual de cada tipo de tecido de que a roupa é feita.

Para entender melhor, existem 3 tipos de tecidos: os naturais, os sintéticos e os artificiais:

Tecidos naturais: linhos, algodões, lãs, sedas, o couro e a camurça. São tecidos clássicos, confortáveis, duráveis e resistentes. Desvantagens: amassam com facilidade e desbotam com o tempo e o uso.  São ideais para nosso clima, são muito gostosos ao toque, confortáveis e mais elegantes.

Tecidos sintéticos: nylon, lycra, raiom, tergal, oxford, couro ecológico e etc. São confeccionados a partir de fibras fabricadas pelo homem, principalmente à base de poliamida, poliéster e acrílico. Esse tipo de tecido tem características muito parecidas com as dos tecidos de fibras artificiais com muitas desvantagens.

Os tecidos sintéticos usam uma grande parte das reservas petroquímicas do planeta, lembrando que são recursos não renováveis.

Tecidos artificiais: os acetatos e a viscose, que imitam perfeitamente seda, cetim e algodão. Provêm de fibras celulósicas, como milho e óleos vegetais. São práticos, resistentes, não amassam e geralmente custam menos, mas podem ser desconfortáveis, por não absorverem a transpiração e queimam com facilidade. Práticos para viajar e resistentes, são muito utilizados para a prática de esportes, em especial o dry fit que, apesar de sintético, proporciona isolamento térmico, troca de ar e transporte da umidade.

Outras dicas na hora de escolher sua roupa é sentir o tecido com as mãos, quanto mais sensível ao toque, melhor a sua qualidade. Observe a peça que deseja comprar com cuidado, veja o acabamento nas costuras, se já estiver desfiando na arara tende a piorar depois da primeira lavagem.

Essas dicas são bem úteis principalmente para quando você vai comprar em lojas fast fashion que possuem muitos itens do mesmo modelo expostos. Se apesar de mais cara, a roupa tiver um tecido de qualidade e um bom acabamento vale a pena comprar, pois vai durar mais e por isso o custo-benefício compensa. Roupas de tecidos como: seda, couro e linho sempre vão ser mais caras, mas agora você já sabe que está pagando pela qualidade do tecido e não somente pela marca da roupa.

Gostou da dica? Então até a próxima.

Deixe uma resposta